Buscar
  • Rodrigo César

14 de abril - Dia Mundial da Doença de Chagas


Hoje é dia de alertar sobre esta doença que foi descoberta pela primeira vez na cidade mineira de Lassance, em abril de 1909, por Carlos Chagas.


A doença de chagas é transmitida por um inseto, conhecido popularmente por Barbeiro, que carrega um protozoário chamado de Trypanosoma cruzi.


Os estados de Minas Gerais, Bahia e alguns estados da Região amazônica são os locais onde mais ocorrem o contato com o transmissor da doença. É possível se infectar através da picada do Barbeiro, que está principalmente em casas de pau-a-pique, ninhos e árvores. Também é possível se infectar através do consumo de caldo de cana mal higienizada e açaí que não passou pelos procedimentos industriais corretos, como a pasteurização.


A Doença de Chagas ainda é considerada uma doença negligenciada e por mais que tenham muitos casos todos os anos, ainda não é bem notificada e tratada. Outro fator de preocupação é porque ela pode ficar sem apresentar sintomas até por décadas.

Na sua fase inicial a doença pode causar sintomas de febre, inchaço, mal-estar. Em sua fase crônica ela pode levar a problemas graves em diversos órgãos do corpo, como fígado, coração, esôfago e cólon.


Um ponto de atenção é que o besouro invade os lugares onde têm casas em busca de sangue, por isso é importante manter áreas de preservação e caso você more próximo a uma delas, ter sempre telas nas janelas.


Lembre-se também de sempre consumir alimentos de locais confiáveis e fique sempre de olho na higiene destes lugares, na dúvida, informe a vigilância sanitária ou um serviço de saúde.


28 visualizações0 comentário