Buscar
  • Rodrigo César

Que tudo seja novo, no novo ano de Dona Eunice!

Dona Eunice, 67 anos, se casou novinha e construiu uma família linda ao lado do marido Hercy, na cidade de Guaranésia. Três filhos, seis netos e um bisnetinho que chegou a pouco para completar a alegria desta casa muito abençoada. A família que é muito unida, se manteve ainda mais durante o ano passado, em que foram surpreendidos por uma daquelas provações difíceis que acontecem com qualquer um de nós.


A filha Tatiana acompanhava a mãe em uma consulta na cidade vizinha de Guaxupé, quando receberam a confirmação do médico de que dona Eunice estava com um câncer de mama. “Foi um momento desolador em que o chão pareceu sumir debaixo dos meus pés. Logo eu que não aguento nem ver minha mãe ter uma gripe e já fico com dó, preocupada. Eu não sabia o que dizer, o que falar para ela. Não sei onde arrumei forças para voltarmos para a casa”, relembra.


De lá para a cá, a rotina do tratamento, exames, sessões de quimioterapia, orações e esperança. “Quando soubemos que o tratamento dela seria em Alfenas, ficamos meio receosos pela distância, os deslocamentos e como tudo seria, mas fomos tão bem recebidos no hospital que criamos força. Minha mãe teve um tratamento de rainha, todo mundo com a maior atenção com ela: recepcionistas, enfermeiros, médicos. Tivemos muita sorte mesmo”, diz.


A RETAGUARDA


O marido sempre preocupado, a acompanhava. Às vezes ficava do lado de fora do hospital, por medo da Covid, mas sempre por perto. Os filhos se mobilizaram para fazer-lhes companhia. Tatiana, que é artesã, deixou boa parte dos trabalhos de lado no ano passado para estar o máximo de tempo com a mãe. “Ela é a nossa prioridade neste momento. O trabalho pode esperar um pouco”, diz.


Esta semana dona Eunice fez a última sessão do tratamento e foi recebida com festa ao sair da sala, pela filha, o marido e outras pessoas. “Estávamos todos muito felizes”, conta. Ao chegarem em Guaranésia, mais surpresa, desta vez do filho Carlos Márcio, que a esperava.


A família mantém todos os cuidados, mas não deixa de ir ver dona Eunice. Tatiana sempre arruma um tempinho para colocá-la no carro e darem uma volta. “Um jeito dela se distrair um pouco, ver outros lugares e pessoas”. Se sentindo melhor, dona Eunice também já voltou ao bordado. Ela e a filha preparam uma surpresinha para a doutora Milena. Mas é segredo. A paciente ainda tem um cirurgia pela frente, mas a família está cheia de confiança.


VIDA NOVA


Ano novo, cabelo novo nascendo, bisnetinho novo crescendo, e um amor antigo que a

acompanha desde os 14 anos de idade. Amor que se transbordou no coração dos filhos e quem mais veio depois. Amor que tem sustentado o coração de dona Eunice e fortalecido todas as defesas do seu organismo para peitar de frente o maior desafio de sua vida.


“A gente não tem palavras para agradecer a maneira como fomos recebido e cuidados durante todo ano em Alfenas. Minha mãe recebeu mais que medicação, ela recebeu muito carinho, muita atenção e todos de nossa família também. Somos muito gratos. Abençoado seja este hospital e todos que aí trabalham e fazem tanto pelos pacientes. Nunca esqueceremos nenhum de vocês”, diz.


O Hospital do Câncer de Alfenas também aproveita o ensejo para agradecer a todos os moradores de Guaranésia que vem abraçando a causa dos pacientes e ajudando a Oncologia a oferecer um bom atendimento. Uma cidade que orgulhamos em ter como parceira de boas ações.

39 visualizações0 comentário